Contraf-CUT debate sobre “o SUS e os planos de autogestão no contexto de pandemia”

Contraf-CUT debate sobre “o SUS e os planos de autogestão no contexto de pandemia”
Publicado em 27/04/2021 09:26

Contraf-CUT debate sobre “o SUS e os planos de autogestão no contexto de pandemia”

Na quinta-feira (29), um dia depois do Webnário sobre as sequelas da Covid-19 na saúde do trabalhador, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) debaterá sobre “o SUS e os planos de autogestão no contexto de pandemia”. O debate será transmitido, ao vivo, a partir das 18h30, pelo Youtube e pelo Facebook da Contraf-CUT.

“Queremos discutir as ações e a importância do SUS para o controle da pandemia; os erros, acertos e como podemos sairmos dessa situação”, explicou o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga. “Mas, queremos ir além e debater também a responsabilidade dos planos de saúde, principalmente os de autogestão, no combate à Covid-19”, completou, ao lembrar que a Caixa de Assistência aos funcionários do Banco do Brasil (Cassi) é um dos maiores planos de autogestão do país.

Palestrante de peso

Para falar sobre o tema, a Contraf-CUT convidou o médico sanitarista, professor de Saúde Pública da USP e da FVG, Gonzalo Vecina Neto, que foi presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e idealizador da Estratégia Saúde da Família, que deu origem ao SUS. Vecina é, desde 2007, superintendente do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Dividirão a mesa com Vecina o ex-diretor de Saúde e Rede de Atendimento da Cassi, William Mendes de Oliveira, e o coordenador da CEBB, João Fukunaga.

Mês da saúde do trabalhador

A atividade encerra o mês da saúde e segurança do trabalhador, que se iniciou no dia 7 (Dia Mundial da Saúde) e se encerrou nesta quarta-feira (28), Dia Mundial da Saúde e Segurança do Trabalhador.

“A saúde do trabalhador sempre foi um dos temas prioritários para nós. Mas, neste contexto de pandemia, as reflexões sobre saúde ganham ainda mais importância”, disse o secretário de Saúde do Trabalhador da Contraf-CUT, Mauro Salles. “Por meio destes debates conseguimos pautar nossas ações sempre em defesa da categoria”, concluiu o dirigente ao lembrar que na quarta-feira (28), um dia antes do debate sobre o SUS e os planos de autogestão, a Contraf-CUT realizará um webnário sobre as sequelas da Covid-19.

Fonte: Contraf-CUT