Previ: representantes dos bancários do BB divulgam nota sobre novo presidente

Publicado em 14/06/2021 09:56

Previ: representantes dos bancários do BB divulgam nota sobre novo presidente

O Banco do Brasil confirmou a indicação do novo presidente para a Caixa de Previdência dos Funcionários do BB, a Previ. Daniel Stieler é funcionário do banco desde a década de 1980. Desde janeiro, era o indicado do BB para o cargo de diretor-superintendente do Economus. Antes disso, foi diretor de Controladoria do BB.

Por um lado, os funcionários aposentados e da ativa dão boas vindas e esperam que a direção compartilhada na Previ seja produtiva para os trabalhadores, que seja mantido o respeito mútuo e que possamos discutir uma gestão voltada para garantir e melhorar os benefícios dos associados, mantendo os compromissos do banco e dos bancários previstos em lei e nos estatutos com o maior fundo de pensão de trabalhadores, que tem modelo de governança construído por vários diretores e conselheiros eleitos e indicados.

Por outro lado, reivindicamos que no Economus também haja gestão compartilhada como na Previ, que é um modelo transparente e bem sucedido, e também uma atenção maior com os planos de saúde, que têm encarecido em demasia e que deveriam garantir os mesmos direitos previstos na Cassi, assim como no plano de previdência saldado, cujas contribuições têm sido elevadas significativamente devido aos déficits, cujos problemas foram originados por decisões do então Banco Nossa Caixa e posteriormente pelo BB, que indica toda a diretoria da entidade. Destacamos que mudanças constantes na direção não são positivas para o Economus, haja vista que mal o diretor Stieler assumiu em janeiro, já está indo para outra função indicado pelo banco.

O movimento sindical está atento às mudanças que estão ocorrendo nas direções do Banco do Brasil e de entidades como Previ, Economus e Cassi. Temos gestão compartilhada que, junto com a mobilização da base, faz a defesa dos direitos. Não admitiremos mudanças que prejudiquem os associados. Muito tem se falado em interferência do governo nas empresas públicas. Estamos aqui para fiscalizar, negociar, mobilizar e denunciar se necessário. Contamos com o apoio dos trabalhadores, dos sindicatos, centrais sindicais e da Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão, a Anapar.

Assinam esta nota:

Adriana Ferreira, diretora do Sindicato de São Paulo e conselheira fiscal suplente eleita do Economus.
Davi Basso, diretor da Fetec-SP e conselheiro consultivo eleito da Previ no plano Previ Futuro.
Ernesto Izumi, diretor do Sindicato de São Paulo e conselheiro deliberativo eleito.
Marcel Barros, vice-presidente da Anapar.
Renato Augusto Carneiro, diretor do Sindicato de São Paulo e conselheiro da Anapar.

Fonte: Seeb São Paulo