Reforma trabalhista de Temer aumenta desemprego e precariza o trabalho – Sindicato dos Bancários