Relatório atuarial é apresentado no GT Saúde Caixa

Publicado em 23/04/2021 09:48

Relatório atuarial é apresentado no GT Saúde Caixa

Documento contém a projeção de despesas do plano para os próximos exercícios

Os representantes dos empregados no Grupo de Trabalho (GT) Saúde Caixa participaram, nesta quinta-feira (22), da oitava reunião realizada em conjunto com os representantes indicados pela empresa. No encontro, a consultoria contratada pela Caixa para elaborar as projeções atuariais do plano apresentou a síntese do relatório que contém a projeção das despesas assistenciais e administrativas do plano.

Os representantes dos empregados ressaltaram a importância de que haja a segregação entre as despesas incorridas pelos usuários do Programa de Assistência Médica Supletiva (PAMS) e pelos dependentes restritos. “Para que possamos avaliar o Saúde Caixa de maneira fiel, o relatório deve apresentar, de maneira separada, as projeções de despesas de cada uma destas modalidades de assistência, dividindo Saúde Caixa, PAMS e dependentes restritos. Precisamos saber, também, dos impactos da mudança do sistema de gestão do plano, ocorrida em 2016, na arrecadação dos titulares, já que ainda temos reclamações de cobranças realizadas incorretamente, muitas vezes a menor”, explicou a participante do GT, Márcia Krambeck.

“Agora, de posse do relatório atuarial completo, a consultoria contratada pelas entidades representativas dos empregados para auxiliar no GT realizará as avaliações necessárias. Esta é uma etapa importante do trabalho, pois, a partir dos custos projetados, discutiremos o financiamento de nosso plano de saúde. Nossa defesa é de que o plano atenda a todos os empregados, independente de sua renda ou idade”, finalizou a secretária de Cultura da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e coordenadora do GT Saúde Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt.

GT Saúde Caixa

A instalação do grupo já vinha sendo cobrada desde a assinatura do Acordo Coletivo, dada a importância que o Saúde Caixa tem para todos os empregados. O GT deve apresentar um formato de custeio de gestão do Saúde Caixa até o dia 31 de julho de 2021 e, posteriormente, encaminhar o debate das propostas para a Mesa Permanente escolher a(as) melhor(es) alternativa(s) de custeio para o plano. Depois a proposta será encaminhada ao conhecimento dos empregados para votação até 31 de agosto de 2021. A mais votada será implementada até 2 de janeiro de 2022. O GT se reúne ordinariamente todas as quintas-feiras, das 14h às 16h, podendo realizar outras reuniões, caso necessário.