Brasil tem pior domingo da pandemia, fechando a semana com mais mortes

Publicado em 22/03/2021 15:55

Brasil tem pior domingo da pandemia, fechando a semana com mais mortes

RBA

São Paulo – Dados do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) divulgados neste domingo (21) mostram o pior domingo de toda pandemia, superando os números recordes de 14 de março. Foram registradas 1.290 mortes decorrentes da covid-19 nas últimas 24 horas, com um total de 294.042 óbitos.

No período, foram 47.774 casos oficiais de covid-19, totalizando 11.998.233 acumulados desde o início da pandemia no Brasil. O país fecha a semana, entre 14 e 20 de março, com o maior número de óbitos, 15.661 vítimas em sete dias. A média móvel também é recorde, com 2.259 óbitos decorrentes da doença, valendo o mesmo para as infecções, com 73.552 casos.

O estado de São Paulo lidera em número de mortes, com 67.558 vítimas da covid-19 até este domingo, seguido pelo Rio de Janeiro, com 35.131, e Minas Gerais, com 22.007.

O perfil das vítimas da doença também tem se modificado. Reportagem do portal Uol mostra que o percentual de jovens e adultos abaixo de 60 anos que morrem de covid-19 saltou 35% em relação ao que era registrado no ano passado. Os óbitos na faixa etária até 59 anos representavam, em 2020, 22,9% do total de óbitos pela covid-19. Em março, já chegam a 31% do total, de acordo com dados colhidos até 16 de março.

Medidas contra a covid-19

O estado de São Paulo completou neste domingo (21) a primeira semana na chamada fase emergencial da quarentena, com medidas mais restritivas de circulação. Desde segunda (15), foi instituído toque de recolher das 20h às 5h e as atividades esportivas e religiosas coletivas também foram proibidas, com as escolas tendo recesso antecipado. Contudo, o impacto no isolamento social foi reduzido.

De acordo com o Sistema de Monitoramento Inteligente do governo estadual, que conta com ados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento na população, entre 15 e 19 de março o índice de isolamento social alcançado foi de 44%, um percentual alcançado na terça e na quinta-feira. Nos outros três dias úteis, chegou a 43%.