Governo Bolsonaro deixou de gastar R$ 80 bi no combate à Covid-19 em 2020

Publicado em 01/03/2021 08:55

Governo Bolsonaro deixou de gastar R$ 80 bi no combate à Covid-19 em 2020

Revista Fórum
Luisa Fragão

Em meio a ameaças de colapso no Sistema Único de Saúde (SUS) e com o número de mortes diárias por Covid-19 batendo recordes, o governo de Jair Bolsonaro deixou de gastar R$ 80 bilhões do Orçamento de 2020 voltado para conter o avanço da doença e os efeitos do vírus na economia.

Segundo reportagem de Fábio Pupo e Thiago Resende na Folha de S.Paulo, o governo liberou R$ 604,7 bilhões no Orçamento para o ano passado. Do total que ficou represado, uma parte foi estendida para este ano. Com isso, cerca de R$ 37,5 bilhões dessa sobra ainda podem ser utilizados em 2021.

Contudo, o governo mais uma vez dá sinais de subaproveitamento deste valor. Até agora, passados os primeiros dois meses do ano, mais de 90% desses recursos permanecem estacionados.

Do total programado para 2021, quase R$ 25,5 bilhões são para ações do Ministério da Saúde. Apenas R$ 1,3 bilhão foi usado até fevereiro.

As taxas de ocupação de UTIs do sistema público estão acima de 80% em 17 capitais, mas muitas cidades já enfrentam 100% de ocupação dos leitos.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), trata-se do pior cenário já observado durante a pandemia no Brasil. Na última quinta-feira (25), o país bateu o recorde de mortes registradas em um único dia: 1.582.

Enquanto isso, a campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 teve início apenas no fim de janeiro e só 6,5 milhões de doses foram aplicadas, o que representa 3,11% da população brasileira.