Seminário vai debater política de Saúde no Banco da Amazônia nesta quarta 15 e quinta 16

Publicado em 13/09/2021 17:09

Co-organizadora do evento, Fetec-CUT/CN orienta sindicatos filiados a mobilizarem bancários para se inscreverem no seminário, aprovados no 13° Congresso dos Empregados e Empregadas do Banco da Amazônia

Há tempos que os empregados e empregadas do Banco da Amazônia reivindicam melhorias na política de assistência à saúde dos empregados dentro da instituição. Por esse motivo, o Sindicato dos Bancários do Pará, em parceria com a Federação dos Bancários do Centro-Norte (Fetec-CUT/CN), realiza nestas quarta-feira 15 e quinta 16 de setembro o Seminário de Saúde do Banco da Amazônia, evento que foi proposto e aprovado durante o 13º Congresso Nacional dos Empregados do Banco, realizado no dia 7 de agosto desse ano.

O objetivo do seminário é elaborar uma pauta de reivindicações atualizada dos empregados para a política de saúde do Banco da Amazônia.

O seminário ocorrerá de forma virtual, pelo aplicativo Zoom Meeting, e é aberto a todos os empregados e empregadas do Banco da Amazônia. Para participar é necessário preencher o formulário de inscrição do evento.

A Fetec-CUT/CN orienta os sindicatos filiados onde há empregados do Banco da Amazônia que façam campanha para que os bancários se inscrevam no seminário. Veja no vídeo orientação de Sérgio Trindade, coordenador da Comissão de Empresa dos Empregados do Basa e secretário de Imprensa da Fetec-CUT/CN.

Clique AQUI e faça sua inscrição

A organização do seminário também recomenda aos interessados que ainda não utilizam o Zoom Meeting, que baixem gratuitamente o aplicativo com antecedência.

Em ambos os dias, a programação começa a partir das 18 horas. O primeiro dia será dedicado a analisar questões gerais sobre a assistência à saúde no âmbito das relações trabalhistas e os impactos da CGPAR 23 nos bancos e empresas públicas. E no segundo dia as discussões serão voltadas para análise da atuação da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco da Amazônia (CASF) e do Programa Saúde Amazônia.

“Durante essa pandemia conseguimos uma resposta positiva no Banco da Amazônia em relação a protocolos de proteção à vida da categoria, com afastamento do grupo de risco do trabalho presencial e a não constituição do banco de horas negativos. Também temos uma agenda importante de mesas de negociação para esse segundo semestre de 2021, com o debate sobre Plano de Saúde agora em setembro. Precisamos com esse Seminário atualizar nossa pauta de reivindicações sobre saúde e unificar nossas forças para resistir em defesa do Banco da Amazônia contra a MP 1052, e com a valorização de seus empregados”, destaca o coordenador da Comissão de Empregados do Banco da Amazônia, Sérgio Trindade.

“A aprovação do Projeto de Decreto Legislativo 956/18, da deputada federal Erika Kokay (PT-DF), que suspende os efeitos da CGPAR-23, foi muito importante para os trabalhadores e trabalhadoras do Banco da Amazônia, pois temos muitos colegas que estão sem plano de saúde e essa é uma pauta que precisamos de avanços. Temos mesa de negociação agendada para debater o assunto e precisamos estar unificados em defesa da saúde dos empregados do Banco da Amazônia”, afirma a diretora do Sindicato dos Bancários do Pará e empregada do Banco da Amazônia, Suzana Gaia.

Programação do Seminário de Saúde do Banco da Amazônia

DIA 15, quarta-feira:
Questões gerais sobre a assistência à saúde no âmbito das relações trabalhistas.

18h – Mesa de Abertura

18h15: Abordagem geral sobre a assistência à saúde e as obrigações do empregador.
Palestrante: Francisca de Assis Araújo Silva, Diretora de Saúde Suplementar da ANAPAR

18h30: Impactos da CGPAR 23 nas empresas públicas e o que esperar após a sustação de seus efeitos.
Palestrante: Mauro Salles, Secretário de Saúde da Contraf-CUT

18h45: Debate

19h30: Encerramento

DIA 16, quinta-feira:
Política de Saúde do Basa para os empregados.

18h – Mesa de abertura

18h15: Apresentação da OPS Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco da Amazônia (CASF)
Palestrante: Sofia Cardoso (Presidente da CASF)

18h30: Apresentação dos dados do Programa Amazônia Saúde
Palestrante: Anderson Pereira, coordenador da GEPES, Banco da Amazônia

18h45: Debate

19h30: Encerramento

 

Fonte: Fetec-CUT/CN, Bancários PA