Sindicato cobra pagamento da PLR 2019 do Banco da Amazônia

Publicado em 13/09/2019 15:26

Belém PA – O Sindicato dos Bancários do Pará protocolou ofício no último dia 5 junto ao Banco da Amazônia para reivindicar o pagamento da antecipação da PLR 2019 dos empregados e empregadas da instituição. Além disso, o ofício também solicita mesa de negociação específica para tratar desse assunto bem como sobre o pagamento das PLR’s 2016 e 2017.

“O Banco da Amazônia obteve lucro de R$ 59 bilhões no primeiro semestre desse ano, o que permite à instituição a antecipação da PLR de seus empregados. Os demais bancos farão isso até o dia 20 de setembro e queremos uma resposta concreta do Banco da Amazônia sobre quando os seus empregados e empregadas poderão ter acesso a esse direito”, reivindica a diretora do Sindicato e empregada do Banco da Amazônia, Suzana Gaia.

Lucro do banco

O Banco da Amazônia registrou lucro líquido de R$ 59,191 milhões no primeiro semestre de 2019, após um prejuízo de R$ 26,212 milhões no mesmo período do ano passado. As receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias aumentaram 4,7%, a R$ 411,536 milhões. As despesas de pessoal e administrativa subiram 3,2%, a R$ 407,081 milhões. O crédito contratado por meio do FNO ficou em R$ 2,982 bilhões, com alta de 58,2% na comparação anual. O índice de Basileia do Basa caiu para 11,9% no primeiro semestre, de 13,3% no mesmo período de 2018.

 

Fonte: Bancários PA